sábado, 21 de abril de 2007

nada mudou

presa dentro de qualquer lugar
sem poder ver o céu tentando gritar
procurando fugir das máscaras e dos rótulos
tento ver o que é real mas eu nao posso
nada mudou

presa mas com o coraçao longe daqui
em pensamento tentando fugir
cair fora de qualquer lugar ao acaso
mas qualquer plano meu é um fracasso
nada mudou

presa sem poder falar com ninguem
como se as mentiras fossem pro meu bem
como se as estrelas fossem um pesadelo
seu sorriso,sua máscara dá medo
nada mudou

presa com os perfeitos dessa festa
pra minha sorte você nao presta
pra me fazer chorar
barulho que faz o dia nao acabar

nada mudou
nada restou
tudo se foi
só por favor
me avise quando tudo acabar
pra me ver chorar
te fazer chorar

presa dentro de qualquer lugar...
nada mudou

Um comentário:

mateus müller disse...

Olha só... "nada presta" heheheh

a minha mãe dizia q entre os punks "nada presta"... hoje eu to lá no meio...será q ela mudou os conceitos?

ahuauhshuq

bonita tb...
mas a de cima eh a tua melhor!