sexta-feira, 20 de julho de 2007

Tuas faces

Tuas faces

Eu prefiro nossas brigas
Todas as palavras duras
Do que ensaios sem intrigas
E tantas faces que são tão tuas

Amores tão monótonos
Não nos combinamos, diz o horóscopo
Eu tão temperamental e intempestiva
Você sempre cínico, bobo e “galinha”

Eu quero ser a única
E a sua fama não me diz coisa alguma
Sei do seu amor pela música e pela dança
E pra você eu sou uma criança

Nós dois sem ciúme é impossível
Nós dois separados é tolice
Como posso saber o que realmente somos
Só no vão das coisas que a gente disse?

Um comentário:

mateus müller disse...

bah... e eu ainda me acho poeta...

tu eh melhor q eu

bju!